Recadinhos

APRESENTAÇÃO

Olá!

Você está no Blogue

CANAL EVANGELÍSTICO

C O N V I T E

VOCE JA CONFESSOU JESUS EM SUA VIDA COMO SEU ÚNICO, SUFICIENTE, EXCLUSIVO E ETERNO SALVADOR?

NÃO PERCA TEMPO, FAÇA AGORA MESMO, PROCURE UMA IGREJA EVANGÉLICA PRÓXIMO DE VOCE E RECEBA AO SEU CRIADOR, QUE QUER TE CHAMAR NÃO DE CRIATURA, MAS DE FILHO (A)!

AQUI NÃO DIVULGAMOS IGREJAS MAS O DONO DELAS - O REI JESUS

100% VISÃO DE REINO

NO AR DESDE 01 DE JANEIRO DE 2014

Email

guerreiradejesus13@gmail.com


Link-me

SEJAM BEM VINDO! VOCE ESTA NO CANAL EVANGELÍSTICO, EXPLORE ESTE ESPAÇO E COMPARTILHE NOSSO TRABALHO DE EVANGELIZAÇÃO. VOLTEM SEMPRE/span>

bt

bt

Google+ Followers

Seguidores

Ilustrações Cristãs

O SAPATO PERDIDO

Ao subir num ônibus urbano, um homem de certa idade escorregou e perdeu um sapato. O ônibus arrancou rapidamente e não podia mais parar, ficando-lhe impossível recuperar o calçado.
O homem tranquilamente retirou seu outro sapato e jogou-o pela janela.
Um jovem que a tudo observara lhe perguntou:
– Por que o senhor jogou fora seu outro sapato?
– Para que quem os encontrar possa usá-los. Apenas alguém necessitado dará importância a um sapato usado na rua, mas de nada lhe adiantará se não tiver o par completo.






Quero matar a minha esposa!
QUERO MATAR MINHA ESPOSA

Postado por Pastora Eliane da Casa de Oração Levando Jesus

Um casal que já estava casado há cerca de dez anos estava em pé de guerra. As brigas eram frequentes, não havia mais tanto diálogo entre eles e nenhuma atitude de carinho podia ser vista já há muito tempo. Todos já davam como certo que a separação era questão de tempo.

O marido, após ter brigado novamente com a esposa, foi até à casa do pai para desabafar sobre toda essa situação que estava vivendo:

– Pai, não aguento mais essa mulher, tenho ódio dela. Se eu pudesse eu mataria ela, não suporto nem mais olhar para a cara dela.



O pai, percebendo exatamente o que se passava, faz uma proposta inusitada ao filho:

– Filho, eu posso te ajudar a matar essa mulher insuportável. E o melhor: ninguém vai descobrir!

– Tem certeza, pai. Como seria isso?

O pai, então, passa a dar a ele detalhes da parte do plano que caberia a ele:

– Você deve fazer tudo da forma que eu te falar, filho, senão não vai funcionar!

– Claro, pai, me passe os detalhes. Quero acabar com aquela insuportável!

– Primeiro, você terá que fazer as pazes com ela. Sei que isso será difícil para você, mas isso é para que ninguém desconfie quando ela morrer. Você não quer ir para a cadeia, quer?

– O que mais, pai, isso é fácil!

– Além de fazer as pazes, você precisar começar a tratá-la com gentileza, cuidar dela com carinho, ser paciente, escutá-la quando ela desejar conversar, levá-la para passear, ser romântico com ela…

– Nossa, pai, será que vou conseguir?

– Claro que vai, filho, é por uma boa causa. Em 30 dias ela estará morta e você em paz. Você só precisa pegar esse pozinho aqui e colocar uma pitada por dia na comida dela, sem ela perceber. Ela vai ficar doente aos poucos e vai morrer. E o melhor: ninguém vai perceber que você quem a matou! Você vai ficar livre desse fardo.

– Combinado, pai, me dá o pozinho aqui, vou começar hoje mesmo!

Passados os 30 dias para que o pozinho fizesse o efeito, o filho aparece aos prantos na casa do pai, em desespero. O pai abre a porta rapidamente.

– O que foi, filho, o que aconteceu?

– Pai, eu não quero que ela morra, mas dei o pozinho para ela vários dias, estava com muita raiva. Teve dias que coloquei até o dobro do que você mandou. Mas não quero mais que ela morra!

– Mas por que não quer que ela morra, filho? Esse não era o seu desejo?

– Depois que fiz tudo que você mandou algo mudou, pai. Eu passei a amá-la, a respeitá-la mais. Ela também passou a me tratar com muito carinho; e hoje, só de pensar que ela vai morrer me vem um grande desespero no coração. O que vou fazer, pai, me ajude, por favor!

– Calma, filho, ela não vai morrer.

– Como assim, pai, eu dei aquele pozinho vários dias para ela, ela vai morrer…

– Filho, aquele pozinho que lhe dei não passava de farinha, não fará nenhum mal a ela. Na realidade, desde o início eu queria que você aprendesse que o veneno não estava nesse pozinho que você pensou que iria matá-la, o veneno estava em você que foi matando a sua relação pouco a pouco, dia a dia, quando deixava de fazer coisas importantes para que seu casamento fosse saudável e feliz!









Ilustrações Cristãs: O prego do diabo
Postado por Pastora Eliane , da Casa de Oração Levando Jesus
Um homem, cansado da sua pobre vida difícil, da rotina do dia a dia de trabalho, das lutas, da falta de dinheiro, que geralmente acabava bem antes do final do mês, resolve que algo deveria mudar.
Sua vida com Deus já não existia mais, ele não ia à igreja, sua fé tinha enfraquecido ao ponto dele não mais querer servir a um Deus que não lhe dava aquilo que ele queria.
Então ele fez uma oração ao diabo. Se Deus não está me dando o que desejo, então apelarei ao diabo, pensou.
Então, um grande barulho aconteceu perto dele e o diabo lhe apareceu.

– Você me chamou, meu amigo?
– Quem é você, perguntou o homem
– Eu sou o diabo, você orou a mim e aqui estou eu para atender aos seus desejos! O que você quer, meu caro rapaz?
– Eu gostaria muito de ter uma casa grande, uma condição de vida boa, que me tirasse de todo esse sofrimento terrível.
– Só isso? Lhe disse o diabo com um sorrisinho irônico no rosto.
– Venha cá, me acompanhe, te levarei a um lugar.
– Vamos, disse o homem.
– Está vendo aquela mansão enorme ali naquele condomínio fechado? Vamos entrar nela para você ver o que é ter uma vida boa!
– Sim, é linda!
– Eu te darei aquela mansão todinha com tudo que tem dentro. Você será muito rico, dará grandes festas, nunca mais passará problemas financeiros. Mas eu quero algo em troca!
– O que tenho que fazer para você para ter tudo isso? Disse o homem com os olhos brilhando.
– Está vendo aquele prego na parede da sala da mansão? A minha condição é que aquele prego sempre será meu e eu posso fazer com ele o que eu bem quiser. Aceita?
O homem achou bem estranha a condição, mas a achou muito fácil e aceitou o acordo.
Alguns anos mais tarde ele ficou riquíssimo e comprou aquela mansão que o diabo lhe mostrou. Tudo era dele agora, assim como o diabo lhe tinha prometido.
Para comemorar sua nova vida, seu sucesso, o homem resolveu dar uma grande festa. Convidou todos os grandes homens de negócios da cidade, apenas gente rica. A festa corria bem, quando, de repente, um homem entrou na festa com um pedaço de uma carniça podre terrivelmente fedorenta e pendurou naquele prego que ficava bem no meio da sala, na parte mais linda da casa.
Logo o homem, agora rico e incomodado com o fedor e com as reclamações de seus convidados, chamou os seguranças e ordenou que esse tal homem fosse retirado da festa e aquela carniça retirada do meio da sala e tudo fosse rapidamente higienizado.
No entanto, aquele homem que pendurou a carniça no prego chegou bem perto do dono da casa e lhe disse:
– Lembra de mim? Eu sou o diabo, lhe dei tudo isso aqui que você tem com a condição de que aquele prego sempre seria meu e eu pudesse fazer dele o que bem entender. Hoje vim cobrar meu direto e essa carniça não poderá sair daquele prego a menos que eu queira!
Com todo aquele fedor na sala da mansão, todos os convidados se sentiram incomodados e foram embora, ficando aquele homem sozinho, tendo de suportar dia após dia tudo aquilo que o diabo quisesse pendurar naquele prego!
Abandonado por amigos e parentes, que não o visitava mais e se desviava dele sempre que o via, apelidado por urubu dentre outros apelidos que o feria moralmente, se trancou na mansão, caiu num quadro profundo de depressão que o levou a óbito.


Ensinamento:
Quantas vezes estamos permitindo que o diabo tenha um prego na sala de estar de nossa vida.
Quando vivenciamos em pecado, em troca de  coisas materiais  negociamos até uma vida de fartura e aparência, olhamos todo dia para aquele prego e nos lembramos que ele é responsável por todo conforto que vivemos mas não nos lembramos ou ignoramos que ele pertence ao diabo.
Pois é fruto de dinheiro fácil, de dinheiro vindo de forma errada, fruto de prostituição, adultério, roubo, títulos e posições conquistadas com mentiras, basganhas, derrubando moranmente e espiritualmente um irmão para tomar seu lugar na empresa, na igreja etc dentre outras fontes oferecidas pelo diabo para roubar nossa felicidade no futuro e acima de tudo nossa salvação.
Esquecemos de que o reino de Deus é para os humildes e simples.
Não podemos permitir que o diabo tenha sequer um “prego” em nossas vidas.
Se permitirmos que ele tenha mesmo que seja um pedacinho dela, uma pequena parte, ele poderá transformar a nossa vida nas coisas mais desagradáveis que possamos imaginar. Ele “pendurará” mais cedo ou mais tarde as piores coisas possíveis para destruir a nossa paz!
Não se esqueça ele pode até te dar com uma mão, mas quanto tira, tira com as duas.
Se tem algum prego na parede da sua casa, ou seja, na sua vida, ainda dá tempo de retirar e renovar sua aliança com o Deus da nossa salvação.
Não troque uma eternidade de felicidade por momentos de prazer.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Baixe aqui fundo de oração

Visite este site

PEDIDO DE ORAÇÃO? CLIQUE AQUI

INDICE

Postagens populares